Hoje foi noticiada a “brincadeira” de 1º de abril da gigante de informação, Google. Todos os anos, a empresa disponibiliza ferramentas falsas para seus usuários neste dia. Algumas despertam curiosidade, outras geram frustrações, mas uma que causasse prejuízos… ainda era novidade.

Dia-da-MentiraO escritor Allan Pashby relatou que perdeu o emprego por conta da pegadinha. Ele alega que enviou um e-mail para sua chefe e não obteve retorno (o botão de enviar no Gmail possuía um adereço que bloqueava e-mails de resposta, além de executar um personagem infantil em tom de deboche para o destinatário). Obviamente ele não foi responsável pela própria demissão, mas serve de alerta para quem programa confusões neste dia.
Mesmo a empresa Google, com seu exército de funcionários altamente capacitados, cometeu um gravíssimo erro com consequentes prejuízos a ambos os lados. Então é fácil mensurar as consequências de enviar um e-mail grosseiro para seu chefe (pode significar o fim da carreira de muitos profissionais),  mas é quase impossível mensurar as consequências de alimentar mentiras e gerar equívocos, principalmente em ambientes extremamente dinâmicos como a internet.

Por isso, listamos abaixo alguns motivos para preocupação neste dia e dicas para não cair nessa armadilha aparentemente inofensiva:

1) Evite compartilhar notícias sem verificar sua autenticidade em grandes veículos de comunicação. Notícias de sites humorísticos… nem pensar! Boatos envolvendo personalidades podem gerar processos caríssimos.

2) Programe seu canal de interação com o público com assuntos que surgiram anteriores a esta data. Deixar para compartilhar notícias neste dia pode aumentar as chances de gafes.

3) Verifique quem são seus contatos em redes sociais antes de disseminar conteúdo. Perder credibilidade no início de carreira é um devastador tiro no pé.

4) Transforme o “Dia da Mentira” no “Dia da Verdade”. Dissemine palavras e frases construtivas para seu público. Certamente você conseguirá um sorriso (ou os cobiçados “likes”) sem consequências perigosas.

5) Construa uma reputação confiável e siga SEMPRE a mesma linha. Modismos vão e voltam, mas um dia inconsequente pode determinar a imagem errada que os outros possuirão de você.

                            
error: